sexta-feira, maio 20, 2005

pelos olhos passeiam imagens (# 06)


agnès varda / sofia loren em portugal / 1953

5 comentários:

miguel disse...

Esta imagem é fabulosa. encontro-a muitas vezes, em forma de postal para turistas, num alfarrabista em Coimbra. Um dia, comprei-a. E fiquei ontente ao saber que é da Agnes varda, uma genial cineasta.

pasárgada disse...

é engraçado porque o primeiro contacto com esta imagem é precisamente daí. Vi-o, já lá vão uns anos, num quiosque em frente à igreja de sta cruz. A minha entrada no mundo Varda foi-me dado por esse postal para turistas. O que é pena é que esse universo tenha tão pouca visibilidade por estas bandas: depois da respigadora a fome é grande

Catritas disse...

Esse postal tem uma história curiosa. A cineasta passou pela Póvoa de Varzim nos anos cinquenta e deparou-se com uma festa popular. Pediu à senhora da foto que fosse com ela para uma rua deserta com claridade para aí compor este belo retrato. Cinquenta anos depois escrevi um artigo num jornal com o postal "Sophia Loren em Portugal" e eis que alguém me dá a conhecer a poveira que ilustra tão bela imagem.
PS-Seria possível utilizar esta imagem-não tenho o postal comigo - no meu blogue www.fimdatarde.blogspot.com ?

pasárgada disse...

Sempre pensei que esta fotografia tinha sido feita na Nazaré, aliás, fui confirmar ao livro da cinemateca de onde saquei a imagem (já agora se te interessar chama-se agnès varda - os filmes e as fotografias) e na realidade ela diz apenas que esteve em várias aldeias, mencionando a Nazaré. É que tudo nesta mulher fala do mar (para mim, pelo menos)daí a associação...

obviamente a imagem está aí para ser divulgada

Catritas disse...

Grato,pela possibilidade de divulgação tal como pelas informações.Na altura em que escrevi o artigo para o jornal falei com o editor do postal e este disse-me que as fotografias pertenciam a um livro intitulado "Le Portugais" que eu nunca cheguei a encontrar. Escrevi inclusive à Agnés Varda que nunca respondeu...e o no postal tem escrito Póvoa de Varzim, 1956. A senhora do postal, Maria do Alívio, "senhora que lava roupa para fora", reagiu à fotografia com o seguinte: "Eu estou muito bonita nesta fotografia". A Varda só por isso devia vir a Portugal...